Arquivos do Blog

Vivendo de passagem!

“Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles. Assim, fixamos os olhos, não naquilo que se vê, mas no que não se vê, pois o que se vê é transitório, mas o que não se vê é eterno.”
(2 Co 4.16-18)

“Considero que os nossos sofrimentos atuais não podem ser comparados com a glória que em nós será revelada.”
(Rm 8.18)

“Amados, insisto em que, como estrangeiros e peregrinos no mundo, vocês se abstenham dos desejos carnais que guerreiam contra a alma. Vivam entre os pagãos de maneira exemplar para que, naquilo em que eles os acusam de praticarem o mal, observem as boas obras que vocês praticam e glorifiquem a Deus no dia da sua intervenção.”
(1 Pe 2.11-12)

“Aquele que quiser ter parte neste mundo não terá no tempo futuro, mas aquele que almeja sua parte na eternidade não tem nada neste tempo.”
(Parafraseando Juliano Son)

Somos seres eternos vivendo um pouco de finitude nesta terra, considerando isso, que somos peregrinos e forasteiros neste mundo é que vivemos derramando nossas vidas como oferta neste tempo. Com nossos olhos fitos na eternidade não procuramos encher nossos celeiros, mas nos esvaziamos de tudo que “temos” aqui para que em nós seja revelada a glória eterna.
(André Dickson)

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: